quarta-feira, 29 de junho de 2016

MAIS MÉDICOS: Debate entre deputados e senadores sobre a Medida Provisória que prorroga por mais três anos o programa será na próxima terça feira(05)


Foram escolhidos para comissão mista da MP 723/2016 que prorroga o programa, o deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG) como presidente, e o senador Benedito de Lira (PP-AL) para a vice-presidência.

O texto beneficia médicos brasileiros formados no exterior e estrangeiros que trabalham no programa sem diploma revalidado no País e ocupam as vagas em regiões onde médicos com diplomas brasileiros não ocuparam. 

A MP também prorroga por igual período o visto temporário concedido para os médicos intercambistas estrangeiros inscritos no programa do governo federal.

De acordo com o Ministério da Saúde, a medida permitirá que sete mil profissionais permaneçam no País.

O programa

Criado em 2013, o Mais Médicos conta com 18.240 médicos, que atuam em 4.058 municípios e 34 postos de saúde voltados para a população indígena (Distritos Sanitários Especiais Indígenas - DSEI). O governo afirma que os profissionais prestam assistência para cerca de 63 milhões de pessoas.

Pela lei que criou o Mais Médicos (Lei 12.871/13), o contrato de trabalho dos profissionais selecionados dura três anos. Nesse período, o médico recebe um salário chamado de "bolsa-formação".

terça-feira, 28 de junho de 2016

MAIS MÉDICOS: Audiência pública para debater o Programa na próxima terça-feira (5)



Mais Médicos

Para a comissão da MP 723/2016, que prorrogou por três anos a permanência de estrangeiros no Programa Mais Médicos, foi escolhido o deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG) como presidente, e o senador Benedito de Lira (PP-AL) para a vice-presidência.

Quintão marcou audiência pública para debater o Programa Mais Médicos na próxima terça-feira (5). No dia seguinte, o senador Humberto Costa (PT-PE), designado como relator, deverá apresentar o relatório à comissão.

FONTE: SENADO.COM

MAIS MÉDICOS: Começa nesta terça análise da MP sobre permanência de estrangeiros no Mais Médicos



Os integrantes da comissão mista que irão analisar a Medida Provisória 723/2016, que prorroga a permanência de médicos estrangeiros no Programa Mais Médicos por mais três anos, elege nesta terça-feira (28) o presidente e o vice-presidente do colegiado. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) alerta que, se a MP não for aprovada, milhares de médicos terão de deixar o Brasil ainda este ano. Já para o senador Eduardo Amorim (PSC-SE), o país precisa investir na formação de médicos brasileiros. Início da reunião: 14:50hr.


FONTE: SENADO.COM

quinta-feira, 23 de junho de 2016

INFORMAÇÃO SOBRE A PUBLICAÇÃO NO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO DAS NOVAS REGRAS DE REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS ESTRANGEIROS


Resposta enviada ao nosso Email pelo INEP órgão responsável pelo REVALIDA: 

Ainda não tem previsão para o Revalida 2016.
Até o presente momento, não há modificações em relação ao Revalida.

Atenciosamente, Equipe Revalida


Resposta do Ministério da Educação enviada ao nosso Email:

As novas regras são para todos os diplomas de graduações estrangeiras, no caso de diplomas médicos estrangeiros acreditamos que não ocorrerá mudanças no processo de revalidação, já que a grande maioria das universidades federais aderiram ao REVALIDA, e o mesmo é realizado pelo INEP.
Somente as universidades federais que não aderiram ao REVALIDA serão submetidas as novas regras. 

Assessoria de Comunicação Social

Segue o link com as novas regras de Revalidação de diplomas estrangeiros:
http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=23/06/2016&jornal=1&pagina=9&totalArquivos=56

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Conselho Federal de Medicina apresenta reivindicações a ministros do Governo



O Conselho Federal de Medicina (CFM) participou de importantes reuniões com os ministros da Saúde, Ricardo Barros, e da Educação, Mendonça Filho, na terça-feira (22), em Brasília. Foram os primeiros encontros com os dois representantes do Poder Executivo, desde a posse do Governo do presidente Michel Temer. Nas reuniões, de caráter institucional, que contou com a presença do presidente Carlos Vital, foram discutidos temas de interesse para a medicina, o ensino e a oferta de assistência em regiões de difícil provimento.

Dos encontros, também participaram o presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Florentino Cardoso, da Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR), Naiara Balderrama, e o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS). Nos dois Ministérios, os ministros estavam acompanhados de seus secretários e assessores diretos, com o objetivo de ouvir as reivindicações das entidades médicas e avaliar possíveis deliberações em decorrência.